Skip to content
Anúncios

O esquecido rio Meia Ponte, de novo é assunto da semana!

Aconteceu mais uma vez, finalmente se lembraram do Meia Ponte. Infelizmente por um péssimo motivo: o mau cheiro. Todo ano é a mesma coisa, com maior ou menor intensidade há um aumento no número de reclamações a respeito da fedentina provocada pelo rio. No período das chuvas, com um volume de água muito superior e suas águas de cor avermelhada, o rio esconde o que tem de pior, o mau cheiro, o lixo e os pneus. Na época da estiagem, sua vazão fica muito reduzida, o esgoto constante que flui para o curso d’água mantém sua vazão, e incrivelmente chega a ser superior a do próprio rio. Em resumo, temos um esgoto a céu aberto fluindo, com sua cor acinzentada, capaz de contorcer os narizes dos goianienses.

Nessa época do ano dobram o número de reportagens de jornais, tentando explorar ao máximo as mazelas do Meia Ponte. Acho positivo pelo fato de que pelo menos 1 vez no ano o rio é lembrado, e assim a população reconhece que ali flui algo, seja água ou esgoto. Negativo pois soam como reportagens sensacionalistas: dificilmente se encontram reportagens sobre o rio em outras épocas do ano, e desde que eu nasci nunca vi uma única reportagem de jornal positiva sobre o rio, mostrando sua capacidade de regeneração após Goiânia e de como ele é bonito nos municípios abaixo. A impressão que tenho, é que desejam apenas chamar a atenção dos goianienses para que haja um incremento no número de exemplares comercializados.

Positivo ou negativo é importante que o goianiense perceba que a água que ele toma, quase 100%, sai desse rio ou de um afluente dele, o João Leite. Para a maioria da população, não importa de onde vem ou para onde vai a água que toma, isso é um erro. Não se faz manifestaçãoes a favor da paz? Por que não se faz a favor do rio? Uma população que pressiona, colhe muito mais resultados. Não devemos deixar nas mãos de políticos as decisões sobre o futuro de nossa cidade. Todo ano Goiás perde verba para projetos relacionados a recursos hídricos pois não submete projetos ou estes são mal escritos, por falta de profissionais capacitados.

A ETE Goiânia, apesar de ter sido uma evolução em relação ao tratamento de esgotos, ainda está longe do ideal, só consegue remover 58% da matéria orgânica, retornando praticamente metade do esgoto coletado para o rio. Após receber o efluente tratado da ETE, e também as águas do ribeirão Anicuns, com sua grande quantidade de esgoto clandestino, o rio tem seu oxigênio reduzido a zero, favorecendo o aparecimento de organismos que não necessitam de oxigênio para sobreviver, organismos estes que exalam odores de ovo podre ou cebola apodrecida. Existem ainda vários pontos de lançamento de esgoto pela Saneago, que não são clandestinos, são perfeitamente conhecidos, mas não são destinados a uma ETE para tratamento, são lançados in natura. Cito dentre esses pontos: Região do Jardim Curitiba, Ponte entre Goiânia 2 e Criméia Leste, Fundos da SEFAZ, Fundos do Clube Jaó, abaixo da Usina do Jaó, córrego Palmito, córrego Água Branca e muitos outros:acima de 20. Qualquer cidadão pode ir até os pontos de lançamento para certificar-se do que estou falando.

Desde a inauguração da ETE em 2004, Não houve qualquer tipo de evolução no combate a poluição do rio. O comitê da bacia está enfraquecido há anos. Goiás é uma vergonha nacional em relação a comitês de bacia. Até quando teremos de conviver com esse problema? Até quando as autoridades irão investigar a causa do mau cheiro do rio, quando todos sabem há anos quais são? Será necessário esperar mais de 30 anos para ter um novo passo para a salvação do Meia Ponte? A população vai ficar até quando alheia aos problemas que cercam o rio? São tantas perguntas, mas onde estão as respostas?

Anúncios

1 Comentário »

  1. Fico triste, pois isso acontece todo ano nessa época de estiagem da chuva. Moro em apartamento e consigo ver do 6º andar o rio meio ponte e também dua grandes poluidoras desse rio “Cargil e ETE Saneago) Posso dizer como morado dessa região do Urias Balneário Meia Ponte , Goiânia 2 que Saneago não e culpada devido sua grande estrutura no tratamento agora pela Cargill antiga Unilever posso dizer que a multa de R$ 10.000.000,00 responde a pergunta de todos. E só ir anoite no rio com uma lanterna e subir sua margem que o sujo vai estar exposto. Aqui do meu apt ta ficando difícil respirar devido o cheiro de ovo podre misturado com tomate.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: