Skip to content
Anúncios

Trindade (GO), a capital da fé precisa de muita oração

Festa do Divino Pai Eterno, uma das maiores manifestações de fé do mundo, no município de Trindade GO

Água, o bem mais precioso, indispensável a vida humana, 3 dias sem beber do líquido representa a morte para nós, simples mortais. As sociedades sempre nasceram e cresceram próximas a rios e lagos, pois, as principais atividades humanas sempre envolveram água. Seja para beber, tomar banho, lavar roupa, para limpar a casa, lavar vasilhas, a água faz parte do nosso dia a dia e a simples falta dela em nossas torneiras gera um transtorno sem precedentes. Praticamente ninguém se pergunta de onde vem a água que bebe, é um daqueles serviços essencias que deve ser oferecido a população e essa só quer ter o resultado final, a água tratada, não se preocupando realmente como é todo o processo até chegar as suas torneiras.

Trindade, cidade do estado de Goiás,  é muito conhecida pela festa do Divino Pai Eterno, pelos desfile de carros de boi e pela caminhada pela rodovia dos romeiros que saem de Goiânia  É uma festa religiosa que  acontece no mês de Julho e atrai multidões de turistas e romeiros todos os anos. A cidade de Trindade possui cerca de 104.488 habitantes segundo o censo do IBGE de 2010. É uma cidade que faz parte da região metropolitana de Goiânia, espécie de cidade dormitório, não em sua totalidade, mas que acolhe grande parte dos migrantes que aqui chegam e que não podem arcar com os alto custos de imóveis na região mais central de Goiânia, e que por consequência geram uma ocupação cada vez mais crescente das periferias.

Esse crescimento desordenado, com a construção de loteamentos irregulares ou sem a devida análise, em áreas da bacia de captação de água tem levado o município a um quadro preocupante de escassez de água. Trindade já chegou a ser abastecida por 3 outros córregos antes do atual, estes eram: córrego Barro Branco, Barro Preto e Anil, a captação nesses córregos foi desativada em função da degradação da qualidade da água bruta, causada justamente  pela ocupação urbana ao redor das captações. No ano de 1988 foi construida a atual captação no ribeirão Arrozal e que atualmente, mais de 20 anos depois, já se encontra com graves problemas de turbidez ( água muito barrenta) devido principalmente ao carreamento de sedimentos provocados pela erosão nas ruas e avenidas abertas para o avanço da urbanização.

Todas as informações aqui expostas, não são fruto da imaginação fértil do detentor desse blog, são sim baseadas em um relatório  da Saneago, empresa responsável pela água e esgoto no estado de goiás, que denuncia o quão crítica é a situação das atuais captações não só da cidade de Trindade, mas de outras cidades no estado de Goiás, que correm o risco, de em poucos anos, não terem mais de onde retirar água.

No caso de Trindade, na bacia do ribeirão Arrozal, pipocam os loteamentos, inclusive foram construídas mais de uma centena de casas populares na região. Ainda não existe asfalto na maioria dos lugares ali, mas acredito que com a chegada deste, as coisas vão se tornar piores. Com o asfalto,  menos água penetra no solo , devido a impermeabilização do mesmo. O telhado das casas, a construção de calçadas e a concretagem dos quintais também agravam o problema, o que aumenta consideravelmente a vazão do ribeirão durante as chuvas. Como não há caixa suficiente para o elevado volume de água, as erosões e desbarrancamentos levam mais sedimento para o curso d’água, provocando seu assoreamento e aumento de turbidez em suas águas. Situações como essa podem levar a paralisação parcial ou total das operações de um estação de tratamento de água ( ETA) e até mesmo a sua inviabilização definitiva, devido os alto custos de manutenção da mesma.  A construção de  galerias de águas pluviais também podem ocasionar transtornos devido ao elevado volume  de água que estas carregam durante as chuvas e, se não forem bem planejadas, com redutores de energia  por exemplo, a água pode chegar com muita força ocasionando os mesmos problemas de erosão e assoreamento. Esgotos clandestinos também são um grave problema. Estes são de dificil controle, principalmente quando não há  fiscalização ou essa é deficiente.  A qualidade da água bruta descresce e também pode inviabilizar a operação da ETA.

Existem várias perguntas a serem feitas, por exemplo: por que permitem a construção de loteamentos em áreas tão críticas?  Será que não percebem que isso trará consequencias danosas para mais de 100 mil pessoas e talvez até mais do que isso? E se não for mais possível utilizar essa ETA? De onde vão pegar água? Será que o lago do João Leite vai ser capaz de atender Goiânia e toda a região metropolitana?  Acredito que não, mas e ai, como ficamos? As bacias do ribeirão Caldas e Dourados também estão sofrendo os efeitos da urbanização, a captação do Meia Ponte também, de onde vamos tirar água?

Pensando bem, o problema é que nesse caso,  só oração não vai resolver não.

Anúncios

5 Comments »

  1. Gostaria de mostrar um pouco da minha indignação contra a PREFEITURA MUNICIPAL DE TRINDADE / GO, que esta lapidando, destruindo com a natureza da cidade, cortando árvores que não podem ser cortadas por lei – Pau Brasil e os IPês – como pode uma cidade em pleno século 21 e ainda vive contra lei e contra todos, só na boa vontade que tem dinheiro ou é subordinado ao um cargo público que fica utilizando como se fosse uma coisa qualquer.

    Fiquem alerta moradores de Trindade, vocês não fazem nada para vocês, mas estão fazendo para eles!

    A natureza pode socorro … e as nossas gerações agradecem.

    Curtir

  2. já tem 03 anos que denuncio um despejo industrial na região urbana e nada foi feito. Já denunciei até em Goiânia e ainda nada… sou biólogo e moro em Trindade quase um ano e confesso que nunca vi um município tão abandonado em todos aspectos ambientais! fato!!

    Curtir

    • Bom dia David, obrigado por visitar o blog. É despejo em algum córrego da cidade? Ou seria resíduo sólido em algum lote baldio? Como faço para ir até o local e fazer imagens? Fiquei interessado em escrever um artigo aqui para o blog, poderia até pegar mais informações com você. Agradeço desde já.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: