Skip to content
Anúncios

Projeto Brasil das Águas

Abaixo um projeto super interessante que durante um tempo esteve bastante em alta na mídia. Projeto que merece ser aplaudido de pé.

530
O Projeto BRASIL DAS ÁGUAS:
Pesquisa, tecnologia inédita e cidadania

O Brasil representa a maior reserva de água doce da Terra, com 12% do total mundial. Durante 14 meses, entre outubro de 2003 e dezembro de 2004, o aviador Gérard Moss, junto com a esposa Margi, coletaram 1.160 amostras de água doce de rios e lagos espalhados pelo vasto território brasileiro utilizando um método inédito: um avião anfíbio. Os resultados das análises dessas amostras ajudaram a desenhar um abrangente panorama da qualidade das águas do país para fins de alerta e conscientização.

Gérard que, em 2001, realizou a primeira volta ao mundo de motoplanador (www.asasdovento.com.br), valeu novamente das asas para concluir outro projeto inovador. Preocupado com a degradação dos rios visto de cima, ele idealizou uma forma de coletar amostras de água em vôo rasante a bordo de um avião anfíbio. Após meses de consultas com cientistas e especialistas (veja Pesquisadores), e testes do aparelho, foram acertadas as pesquisas que determinariam a qualidade da água coletada.

Pesquisa e cidadania formam a base do projeto. Apoiado por instituições de ensino, pesquisa e grupos comprometidos com as questões ambientais brasileiras, o avião anfíbio Talha-mar, transformado em laboratório aéreo, vôou 120.000 km – o equivalente a mais de duas voltas em torno da Terra – para coletar amostras em todas as regiões hidrográficas do país. O laboratório interno foi totalmente desenhado e montado pela própria equipe Brasil das Águas, com tecnologia 100% brasileira.

Baseado nos resultados obtidos pelas análises realizados por pesquisadores em várias instituições em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerias (veja Pesquisas), foi possível desenhar um mapa mostrando a saúde das águas doces no momento da coleta e identificar ambientes não contaminados para que possam ser conservados. Utilizando a mesma metodologia em todo o país, a comparação dos resultados ajuda a entender a situação atual dos recursos hídricos e contribuir para um extenso banco de dados sobre um dos maiores bens do nosso povo: a água.

Site do Projeto: http://www.brasildasaguas.com.br

O Projeto BRASIL DAS ÁGUAS:

Pesquisa, tecnologia inédita e cidadania
O Brasil representa a maior reserva de água doce da Terra, com 12% do total mundial. Durante 14 meses, entre outubro de 2003 e dezembro de 2004, o aviador Gérard Moss, junto com a esposa Margi, coletaram 1.160 amostras de água doce de rios e lagos espalhados pelo vasto território brasileiro utilizando um método inédito: um avião anfíbio. Os resultados das análises dessas amostras ajudaram a desenhar um abrangente panorama da qualidade das águas do país para fins de alerta e conscientização.
Gérard que, em 2001, realizou a primeira volta ao mundo de motoplanador (www.asasdovento.com.br), valeu novamente das asas para concluir outro projeto inovador. Preocupado com a degradação dos rios visto de cima, ele idealizou uma forma de coletar amostras de água em vôo rasante a bordo de um avião anfíbio. Após meses de consultas com cientistas e especialistas (veja Pesquisadores), e testes do aparelho, foram acertadas as pesquisas que determinariam a qualidade da água coletada.
Pesquisa e cidadania formam a base do projeto. Apoiado por instituições de ensino, pesquisa e grupos comprometidos com as questões ambientais brasileiras, o avião anfíbio Talha-mar, transformado em laboratório aéreo, vôou 120.000 km – o equivalente a mais de duas voltas em torno da Terra – para coletar amostras em todas as regiões hidrográficas do país. O laboratório interno foi totalmente desenhado e montado pela própria equipe Brasil das Águas, com tecnologia 100% brasileira.
Baseado nos resultados obtidos pelas análises realizados por pesquisadores em várias instituições em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerias (veja Pesquisas), foi possível desenhar um mapa mostrando a saúde das águas doces no momento da coleta e identificar ambientes não contaminados para que possam ser conservados. Utilizando a mesma metodologia em todo o país, a comparação dos resultados ajuda a entender a situação atual dos recursos hídricos e contribuir para um extenso banco de dados sobre um dos maiores bens do nosso povo: a água.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: